Novo edital vai beneficiar 170 pesquisadores em Alagoas

Bolsas serão concedidas para programas de pós-graduação

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas publicou o sétimo edital de 2015. Esta chamada provê bolsas de pesquisa para mestrandos e doutorandos. A sua execução é resultado da parceria entre a Fapeal e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), ligada ao Ministério da Educação.

Serão implantadas 170 bolsas no total, a partir do mês de outubro, sendo 130 para mestrados e 40 para doutorados. Podem se candidatar alunos que estejam efetivamente cursando programas de pós-graduação stricto sensu aprovados pela Capes. Além de fomentar os cursos em funcionamento no estado, o edital auxilia a consolidar o nível de recursos humanos em desenvolvimento.

Para formatar a chamada, a Fundação fez um levantamento preliminar com as instituições que oferecem programas de mestrado e doutorado em Alagoas e descobriu que, hoje, há mais de 300 mestrandos e 80 doutorandos sem bolsa.

O diretor científico da Fapeal, João Vicente Lima, avalia que “não será possível atender a todos, mas já conseguimos atingir um número significativo, mais que um terço. Também com relação aos doutorandos, alcançaremos metade dos que precisam da bolsa. Não será em sua totalidade, mas é um recurso importante, para minimizar a quantidade de bolsistas sem apoio num momento poucas verbas federais”, atentou.

As bolsas

Quando concedidas, as bolsas terão a duração de 12 meses, prorrogáveis até 15, no máximo, com vigência entre outubro de 2015 e dezembro de 2016.

De acordo com o edital, o bolsista beneficiado terá seu desempenho acompanhado através da entrega de relatórios e da análise de suas notas de curso.

As submissões estão abertas até 19 de setembro. Critérios e cronograma completos podem ser conferidos aqui.

Recomendados para você...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *