Gestor da Fapeal facilita manhã voltada à economia financeira, na Seplag

Funcionários da Secretaria foram instruídos acerca de ações orçamentárias pessoais

03(1)

Rômulo Sales, chefe de gabinete da Fapeal

 

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) promoveu uma manhã instrutiva acerca de análise financeira e lições de valor de consumo, em mais uma parceria com a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) que, buscando essa formação didática, convidou o chefe de gabinete da Fapeal, o economista Rômulo Sales, para ministrar uma palestra ao quadro de trabalho da instituição, nesta quinta-feira, 10.

Num contexto nacional em que se enfrentam arrochos salariais, redução de gastos, aumento inflacionário, entre outros fatores, analisar a situação financeira de forma eficiente se torna um exercício complexo.

Para o órgão que é responsável pela administração direta dos recursos orçamentários do Estado, é necessário suprir estas lacunas, começando pelos próprios funcionários. O bate papo descontraído, com este intuito, visou propiciar o estímulo de um pensamento de controle e sistematização de informações financeiras.

A intenção atual é constituir um olhar crítico em relação aos apelos comerciais, melhorando as decisões financeiras, poupando gastos e realizando sempre uma reserva financeira.

Educação e planejamento

Rômulo Sales é consultor financeiro e ministra cursos de matemática financeira, técnicas de compra e venda e  análise de investimentos. Em sua palestra, abordou o planejamento financeiro, orçamento doméstico e a importância de se efetuar contas.

A primeira parte tratou sobre planejamento financeiro e a segunda direcionou o foco para as decisões financeiras do dia-a-dia, quando o marketing atua de forma presente, bombardeando o consumidor com informações e ofertas comerciais.

Desvencilhando estas problemáticas, o gestor concluiu o conteúdo apontando práticas para se obter mais e errar menos, voltando as decisões a um trajeto financeiro coeso, sempre precavido e dentro da realidade salarial.

“Vivemos um momento propício ao planejamento financeiro, para se executar contas e se preocupar com o valor do dinheiro, pois agora ele vale mais em relação à fase anterior. Devemos conseguir planejar e realizar o máximo de sonhos possíveis, pois as pessoas não vivem só para pagar contas, elas vivem para obter lucro. Para tanto, é preciso se programar e planejar, para realizar a maior quantidade de lucros e sonhos a partir dos recursos disponíveis”, frisou Rômulo Sales.

Recomendados para você...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *