Funcionários da Fapeal recebem capacitação em gestão da qualidade

Evento discutiu a implantação do Programa de Qualidade e a lei de Organização Internacional para Padronização de Processos (ISO 9001)

IMG_9864

Auditório da Fapeal

Comprometimento. Esta foi a tônica que moveu os funcionários da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), enquanto participavam de uma terça informativa. O momento compilou atenções à implantação do Programa de Qualidade e à lei de Organização Internacional para Padronização de Processos (ISO 9001).

Conteúdos de referência na área foram repassados por profissionais da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), o que possibilitou um conteúdo didático, para a efetivação do sistema de gestão da qualidade.

O treinamento englobou diversos temas frequentes no âmbito público. Em pauta, o controle de documentos e registros, a responsabilidade da direção em conduzir o processo, o foco voltado ao cliente dentro do planejamento do sistema de administração, assim como os objetivos do padrão implantado.

“A Fapeal pode utilizar a ISO 9001 em conjunto com a ferramenta da qualidade no aprimoramento das rotinas de trabalho e no comando do órgão. Devem ser utilizados os métodos operados para controlar o fluxo de processos, evitando-se o desperdício e o retrabalho. Com isso, otimizamos também o tempo”, atenta Adriana Maia, superintendente de Modernização de Gestão de Qualidade da Seplag.

A especialista explica que os benefícios são vistos na prática, no ganho de tempo, no esclarecimento das ações aos pesquisadores, e com a padronização de processos, o que contribuem para que as coordenações se certifiquem de que as tarefas serão desempenhadas com eficácia e de forma satisfatória.

O resultado reflete na compreensão de um modelo exitoso. O trabalho torna-se fundamental, reunindo esforços à realização de ações específicas de cooperação entre os servidores.

“Vejo a importância principalmente no trâmite de processos e documentos, que é um quesito amplamente discutido dentro da Fapeal. Se utilizarmos o comprometimento, nossas ações terão resultados efetivos, proporcionando um ambiente produtivo e qualitativamente melhor”, explica Mateus Gomes, relações públicas da Fapeal.

A Fapeal, assim como outras instituições do Governo de Alagoas, possui um comitê gestor de qualidade, que esteve presente durante os módulos do curso de capacitação. A previsão da equipe é estruturar o sistema em até dois anos de execução.

Recomendados para você...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *