Em entrevista à TVE, diretor-presidente da Fapeal faz balanço de sua gestão

Professor Fábio Guedes gravou entrevista na manhã desta sexta-feira (23)

img_20160923_102152708_hdr

Estúdios do IZP

Às vésperas de completar 26 anos no próximo dia 27 de setembro, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas foi pauta de uma edições do programa Escola Viva, da TV Educativa. O diretor-presidente da Fapeal, professor Fábio Guedes, gravou entrevista na manhã desta sexta (23).

A conversa com a apresentadora Anete Carvalho versou sobre o que foi feito nos últimos 19 meses de gestão, e o que está por vir pelos próximos dois anos.

“Até aqui, nós trabalhamos para aproximar a Fundação da comunidade científica e acadêmica de Alagoas. Isso foi uma orientação do Governador Renan Filho. Ele nos pediu para incentivar e apoiar esta comunidade. Os próximos dois anos serão para aproximar a Fapeal dos seguimentos produtivos do estado”.

O professor Fábio Guedes explica que esta aproximação pretende permitir que os setores produtivos e econômicos passem a colaborar e receber ajuda da comunidade científica e acadêmica, através de pesquisa e estudos que impulsionem a inovação e ciência nos segmentos produtivos.

“E complementando isso, também visualizamos a incorporação de quadros altamente qualificados dentro dos segmentos produtivos”, explica o economista, fazendo referência à cultura já consolidada na Europa e Estados Unidos, onde as empresas contratam cientistas com nível de doutorado e PhD para trabalharem com pesquisa e desenvolvimento, aplicáveis ao mercado de produtos e serviços.

Números de gestão

O gestor também destacou ações pontuais, por exemplo: do ano passado para cá, foram lançados 21 editais; a oferta de bolsas de iniciação científica para alunos de graduação dobrou, passando de 200 para 400; no mesmo período de tempo, foram aproximadamente 60 eventos científicos realizados em Alagoas com patrocínio da Fapeal, alguns de nível regional, nacional ou internacional.

“E complementando isso, em torno de 30 pesquisadores atuantes no estado já foram para fora do país com nosso apoio, se apresentar em eventos científicos, e alguns com trabalhos de alta qualidade. O número sobe para 56 contando os que foram a eventos nacionais”, observa.

Atuação focada

O telespectador também vai poder conferir outros temas, como a divulgação de revistados de pesquisa através da Fapeal em Revista e a atenção diferenciada que a Fundação tem concedido às universidades estaduais.

A programa também fala das parcerias com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, especialmente no tocante aos Polos Agroalimentares dos municípios de Arapiraca e Batalha e ao Polo de Tecnologia da Informação e Comunicações, no bairro de Jaraguá, em Maceió.

Durante a entrevista, Guedes comentou ainda que o grande desafio da fundação é conscientizar a sociedade alagoana sobre o papel estratégico exercido pelos fomentos da Fapeal no desenvolvimento socioeconômico do estado.

“Felizmente o Governador Renan Filho tem essa preocupação e reconhece que a Fapeal é importante. Porém, tudo que há para ser feito não pode se transformar do dia para noite. Mas acho que estamos no caminho certo”, enfatiza.

O Escola Viva vai ao ar de segunda à quinta, sempre às 15:30. A entrevista com o diretor-presidente da Fapeal deverá ser veiculada na próxima semana.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *