Governo de Alagoas investe R$ 600 mil na manutenção de laboratórios de pesquisa

Foram 15 propostas aprovadas, que contarão com os recursos da Fapeal para melhorar as condições dos equipamentos nas unidades de ensino superior

Fernando-Frazo-Agncia-Brasil.jpg

Fernando Frazão/AB

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) disponibilizou na última quinta-feira (10), o resultado final do seu edital de Apoio à Manutenção e Instalação de Equipamentos Multiusuários.

Foram aprovadas 15 propostas que visassem financiar a manutenção ou instalação de equipamentos já adquiridos pelas instituições de pesquisa. Os insumos totalizam em R$ 600 mil, recurso integralmente estadual.

A chamada convocou os laboratórios acadêmicos e coordenadores dos Programas de Pós-graduação (PPGs) alagoanos a submeterem propostas, já que fortalecer este setor é uma das prioridades da atual gestão da Fapeal.

“Este programa vem apoiar o funcionamento mínimo dos laboratórios dos grupos de pesquisa sediados em Alagoas, permitindo que as atividades rotineiras de pesquisa e produções continuem”, explica João Vicente Lima, diretor científico de C,T&I da Fapeal. O gestor ressaltou ainda que, neste momento de grande escassez dos editais federais, a Fapeal vem amparar estas carências.

Otimização

 Na seleção, foram priorizados projetos de laboratórios de uso compartilhado por pesquisadores de pelo menos três programas de pós-graduação. Foram consideradas propostas que buscassem realizar um maior intercâmbio entre os grupos de pesquisa, contemplando similarmente os objetivos de impactar na melhoria substantiva da qualidade das teses de doutorado e dissertações de mestrado feitas no Estado.

“O edital é de extrema importância para a adequação deste ambiente de alto nível em produção científica. O apoio permite em médio prazo uma maior interação entre os pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), e também com os pesquisadores da indústria, preenchendo lacunas”, frisa Glauber Ferreira, aprovado na chamada e professor do Instituto de Física (IF) na Ufal.

A partir da disponibilização do recurso, os pesquisadores contarão com 12 meses para aplicarem os mesmos e prestarem contas à Fapeal.

 

Recomendados para você...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *