Fapeal, Ufal e SBPC iniciam organização do maior evento científico da história de Alagoas, para 2018

Visita da presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência foi marcada por dois dias de avaliação técnica e aproximações institucionais

 

ufal

LCCV – Ufal

Alagoas irá receber o maior evento científico da América Latina, a 70ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que será realizado entre junho e julho de 2018, no Campus da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

O evento é um mix de ciência, tecnologia, inovação, ensino e cultura. Durante uma semana inteira, cientistas, acadêmicos, estudantes de todas as idades, indígenas, setores governamentais e diversas entidades acadêmicas abrem o melhor deste universo para a sociedade em geral, a partir da noite de um domingo até o sábado seguinte.

A expectativa de público é de pelo menos dez mil inscritos, do País inteiro, e seis mil visitas diárias. A reunião deste ano foi realizada em Porto Seguro, na Bahia; ano que vem é a vez de Belo Horizonte, Minas Gerais e, para 2018, caberá a Maceió imprimir a sua identidade ao evento.

Helena Nader, presidente da entidade, e equipe, foram ciceroneados pelo diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas, professor Fábio Guedes e pelo pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da Ufal, Alejandro Frery, que será o coordenador do evento.

“Tenho certeza que a reunião anual da SBPC vai ser extremamente transformadora, porque estamos trazendo um evento dessa magnitude para um estado com um dos piores índices em educação, desenvolvimento, distribuição. Como o nome da sociedade diz, a ciência traz progresso. Esmos trazendo o progresso da ciência para alagoas. É um evento transformador”, observa o professor Alejandro.

A agenda de segunda (6) incluiu reunião com a Reitora Valéria Correia, vistoria de planejamento ao campus A.C. Simões da Ufal e ao Centro de Convenções de Maceió, além de uma visita à futura sede do Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços, no bairro histórico de Jaraguá. À tarde, SBPC, Fapeal e Ufal foram recebidas pelo vice-governador e secretário de educação Luciano Barbosa, juntamente ao Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Pablo Viana.

Nesta terça-feira (7), houve reunião de trabalho na sede da Fapeal, da qual também participaram os pró-reitores de pesquisa do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) e da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) e os coordenadores da mesma área nos centros universitários Unit e Cesmac.

A programação foi encerrada com visita à casa da indústria, onde SBPC, Fapeal e Ufal foram recebidas pelo presidente da FIEA, José Carlos Lyra e pelos gestores dos Senai e Sebrae.

hele-nader-polo-tics-jaragua

Helena Nader no Polo de TICS – Foto: Ascom Secti AL

 Impulso e Transformação

A professora Helena Nader explica aponta que há uma tendência atualmente no país de enxergar educação e CT&I como gastos, e não como investimentos, ao passo que Alagoas tem feito justamente o contrário.

“Tenho que parabenizar Alagoas pela visão estratégica. Educação e CT&I são as ferramentas fundamentais para qualquer pais, estado ou município que quer ter uma projeção econômica sustentável. Aqui, se viu que estes são os investimentos que vão projetar o Estado que eu quero. Estamos felizes porque 70 anos é uma reunião muito especial e será bom que aconteça num ambiente que está acreditando em educação e CT&I”, ressalta a doutora em Biologia Molecular.

O diretor-presidente da Fapeal define a reunião anual da SBPC como “uma vitrine excepcional do papel da ciência no desenvolvimento e formação de uma sociedade. Será uma oportunidade para reforçar ainda mais a importância da ciência, tecnologia e inovação como eixos fundamentais para as transformações sociais e econômicas que o estado tanto almeja, dentro de uma proposta política reformista, modernizante e progressista”.

O professor Fábio Guedes acrescenta ainda que a sua realização especificamente em Alagoas “chamará atenção de parte da comunidade acadêmico-científica, especialmente das instituições públicas federais e seus gestores, para a importância da continuidade das políticas públicas responsáveis por avanços consideráveis em regiões periféricas na área de CT&I. Avanços esses gravemente ameaçados por contingenciamentos orçamentários e financeiros”.

img_0988

FIEA

Turismo

A superintendente do Conventions Bureau, Danielle Novis também esteve presente nas reuniões com a Ufal e a FIEA. A entidade reúne represtações de todo trade turístico de Alagoas no seu conselho. A partir do fato de que a reunião anual da SBPC é maior evento técnico-científico do país, ela opina:

“Enxergamos não só como uma como uma oportunidade de geração de fluxo, crescimento e desenvolvimento para Alagoas, mas também pelo conteúdo que vai ser discutido durante a semana. É um conhecimento instalado que a Ufal e o Governo de Alagoas trazem para cá que é extremamente oportuno em função do momento que estamos vivendo. Fortalecer o turismo de eventos e negócio e técnico-científicos é um dos focos de nosso trabalho”.

img_0982img_0974

 

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *