Fapeal instrui pesquisadores em workshop informativo

Acadêmicos receberam orientações sobre prestação de contas e acompanhamento de projetos e relatórios

01antonio-daniel-alves-3

Auditório da Fapeal

Fortalecendo a relação de transparência com seus pesquisadores a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) promoveu nesta quinta, 23, um workshop explicativo acerca da execução de seus editais. Foram abordadas questões pertinentes ao acompanhamento administrativo e financeiro das chamadas, com a finalidade de tornar mais eficaz o relacionamento entre a fundação e seus principais clientes.  

Os participantes foram instruídos sobre normatizações estaduais que a Fapeal acompanha e que eles, similarmente, devem observar.

“O workshop apresentou os procedimentos técnicos e científicos que serão utilizados nos projetos e os mecanismos de prestação de contas. Isto ocorreu também devido a modificação de avaliação, que agora ocorre por pares, e analisa a execução de metas”, frisa Antônio Daniel Alves, atual assessor científico de pesquisas e tecnologias da Fapeal.

Na ocasião, também foi apresentado aos pesquisadores Victor Emmanuel Feitosa Hortêncio, que assumirá esta assessoria a partir do mês de março.

Clareza

A professora da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Natallya Levino, doutora em Engenharia de Produção, foi aprovada no edital Universal da Fapeal e cita que o encontro contribuiu para o processo de construção de relatórios:

“O momento auxilia o pesquisador, pois retira as nossas dúvidas através de um canal possibilitado pela Fapeal, que facilita as informações no andamento do projeto. Colabora inclusive na prestação de contas que é a parte mais complicada dos relatórios”, frisa a estudiosa.

nadja-lucia-oliveiraOs pesquisadores puderam visualizar também um novo modelo de relatório, aplicável aos editais nº4 e nº10 de 2016, e tiveram suas movimentações financeiras esclarecidas.

Neste ensejo, Nadja Lúcia Oliveira, chefe de prestação de contas da fundação, explicitou os trâmites do começo ao fim deste processo, cujos itens estarão presentes num manual que está sendo formulado e será válido para todos os editais.

A previsão é que os primeiros relatórios parciais sejam entregues em novembro de 2017, porém a Fapeal já vêm trabalhando próxima ao pesquisador.

A intenção é capacitá-los para o aperfeiçoamento dos sistemas de gestão e execução de seus programas. Cerca de 50 doutores estiveram presentes na ocasião.

Recomendados para você...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *