Fapeal recebe evento da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa

Ponto de presença da RNP em Alagoas é abrigado pela fundação e provê internet veloz a 29 clientes de sete instituições

PoP AL / RNP

 Um dia inteiro dedicado ao relacionamento entre provedor de serviços e clientes. Assim foi o primeiro Workshop de Tecnologia de Redes recebido pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal).
O evento foi promovido pelo PoP-AL. A sigla representa o ponto de presença da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) no Estado, que provê conectividade de internet veloz para atividades de ensino e pesquisa, além de vários serviços ligados à segurança de redes, atividades acadêmicas e comunicações, como telefonia digital (VOIP)  e videoconferência.

O PoP-AL é abrigado pela Fapeal e beneficia 29 clientes de sete instituições, incluindo campi da Ufal, Ifal e Uneal, na capital e no interior, e órgãos como Uncisal, HGE e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

“A gente tem muito que fazer, sobretudo nesta área de tecnologia de rede. Por exemplo, na Ufal cresce exponencialmente a quantidade de pesquisadores, fora o desafio da conexão dos pacotes de serviços para o interior, o que inclui a Universidade Estadual de Alagoas. Em Arapiraca, por exemplo, o consumo de dados vai aumentar, porque há campi em processos de evolução, isso em relação ao cliente Ufal e aos demais”, explica o professor Fábio Guedes, diretor-presidente da Fapeal.

 Conteúdo

Bate papo com o cliente

 O objetivo do encontro foi estreitar o relacionamento entre instituições regionais e promover discussões de alto teor técnico, para a troca de conhecimentos e experiências.

 “O grande ponto deste evento é a integração. É um evento local e acho que a partir daqui podem se abrir muitas portas para que a gente possa entender melhor o cliente. Eles vão conhecer melhor nossa cara e nossos serviços. Esse é o momento oportuno para traçar planos de melhoria”, comenta Antônio Fernando Souza, gerente de Tecnologia de Informação da Fapeal e Coordenador Técnico do PoP-AL.

Fernando Carneiro, do Ifal, e Marcelo Oliveira, da Ufal, ambos gestores de TI, explicam o que acharam do workshop:

 “Para o Ifal, esse evento vai ser importante para os 15 novos técnicos que estão chegando ao Instituto Federal, contratados principalmente para o interior. É bom que eles conheçam a estrutura que dá o apoio. E também tem o networking”, observa.

 Marcelo Oliveira complementa explicando que entre os, aproximadamente, 40 técnicos da Ufal, ainda pairam dúvidas sobre a RNP, ainda que a informação seja disseminada. “A informação sobre que é RNP e o que ela proporciona para as instituições ganha mais alcance num momento de troca de experiência como esse”.

 A programação trouxe temas atuais do universo de redes, como IPv6 (a nova linguagem dos endereços da internet), monitoramento digital, segurança da informação online e serviços avançados de TIC (tecnologias de informação e comunicação).

 Equipe

 O PoP-AL é composto por sete colaboradores, entre coordenadores, analistas e técnicos. O evento teve três palestras locais, incluindo videoconferência, e a participação de mais quatro gestores da RNP nacional, que vieram a Maceió. Entre equipe e clientes, o evento envolveu aproximadamente 45 pessoas, durante toda a sexta (28).

Recomendados para você...