Fapeal disponibiliza três vagas para o Conselho Superior da instituição

Funções são oferecidas a doutores da área das Ciências Sociais e Humanas e Ciências Biológicas e da Saúde

Clique para acessar o edital

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) anuncia a divulgação de novo edital para compor o seu Conselho Superior. O momento se deve ao término dos mandatos do conselheiro Mário César Jucá, do âmbito das ciências Sociais e Humanas, e, de Maria Alayde Mendonça e Nídia Noemi Fabré, ambas das Ciências Biológicas e da Saúde. As vagas ofertadas disponibilizarão um mandato para a primeira grande área, e dois para segunda.

De acordo com o edital, poderão ser elegíveis professores doutores de qualquer universidade, centro acadêmico ou ainda da Embrapa, que estejam situados em Alagoas e que se encontrem sem pendências com a Fapeal.

Assim, serão compostas duas listas: uma de elegíveis (doutores da áreas com as vagas em questão) e uma segunda de eleitores, que estarão aptos a votar (doutores de quaisquer áreas). Posteriormente, serão conduzidos ao gabinete do Governador do Estado, Renan Filho, três listas tríplices (uma para cada vaga), para deliberação e nomeação.

A comissão eleitoral da Fapeal é constituída por um assessor executivo de gestão interna, um superintendente administrativo e uma coordenadora jurídica, que devem dar celeridade e transparência à votação.

O Conselho

O Conselho Superior da Fapeal é formado por 11 membros, sendo destes, quatro indicados pelo Governo do Estado e seis eleitos pela comunidade acadêmica, além do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado, que é membro nato. Cada mandato tem a duração de três anos, podendo haver uma única recondução. Desta vez, os atuais conselheiros ainda podem concorrer a mais um mandato.

O diretor-presidente da Fundação, Fábio Guedes, é quem preside a formação atual do Conselho, que tem como vice o docente Carlos Guedes de Lacerda, também Pró-Reitor de Desenvolvimento Institucional do Ifal de Palmeira dos Índios.

A deliberação dos temas pertinentes à legislação e execução de ações da Fapeal são temas recorrentes discutidos pelos conselheiros, devendo ser analisados em suas reuniões. O cargo de conselheiro não é remunerado, porém atribui experiência de condução, execução e acompanhamento de políticas e de investimentos em CT&I.

Os doutores interessados devem estar cadastrados na Plataforma Lattes e no portal SIGFAPEAL, além de, estarem adimplentes com o órgão. As inscrições podem ser realizadas na própria sede da Fapeal, onde o candidato deve fazê-la pessoalmente, ou através de responsável habilitado por procuração, de três a 31 de outubro.

A votação ocorrerá pelo site da Fapeal (http://sigfap.fapeal.br/), no período de 27 de novembro a primeiro de dezembro. Os resultados dos aprovados serão publicados posteriormente no Diário Oficial do Estado e no portal da Fapeal.

 

Recomendados para você...