Programa vai aproximar Academia das ações de Estado

Fapeal lança o Programa de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento das Políticas Públicas em Áreas Estratégicas do Estado de Alagoas (PDPP)

Governo lança programa que aproxima universida

Assinatura simbólica de Termo de Outorga de Bolsa do PPDP. foto: Márcio Ferreira / Agência Alagoas

Com o intuito de aproximar as pesquisas científicas das mais diversas áreas e as aplicações práticas dos estudos na sociedade, a Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas lançou, nesta sexta (21), uma iniciativa para tornar os potenciais da academia direcionados às ações do Estado.

O Programa de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento das Políticas Públicas em Áreas Estratégicas do Estado de Alagoas (PPDP), por meio da concessão de bolsas, permitirá a formação de grupos de inteligência que atuarão dentro de órgãos estaduais com produção de pesquisas e desenvolvimento de tecnologias de gestão voltadas a políticas públicas.

Inicialmente, o PPDP vai atender 11 instituições governamentais, através de 74 bolsas de pesquisa e de trabalho técnico especializado, distribuídas em 12 projetos, o que também significa mais pessoal qualificado trabalhando no Governo de Alagoas. Do total, 51% desses bolsistas possuem pós-graduação, mestrado e doutorado. Os demais são graduandos e técnicos também vinculados à grupos de pesquisa coordenados por mestre ou doutor.

Contexto

De acordo com o economista Cícero Péricles, membro do Conselho Superior da Fapeal, o modelo abre uma possibilidade concreta de suprir algo que o governo estadual deixou de ter há, pelo menos, duas décadas – servidores com a formação necessária para pensar a economia, a administração pública e a sociedade a médio e longo prazo.

Péricles explicou que a máquina pública, historicamente, não investe na formação de seus recursos humanos, com os agravantes de ser carente de infraestrutura e não ter projetos a longo prazo.

“O PDPP foi uma ideia acertada para intervir nesta situação. Formar quadros não é formar quadros para o governo, mas para o Estado. A Fapeal acertou dando ao programa essa característica de formação e capacitação, de fazer pesquisa e gerar um volume significativo de informações sistematizadas sobre a máquina pública estadual”, avaliou.

O programa foi lançado no evento ‘Café com Planejamento e Gestão’, organizado pela Secretaria de Planejamento e Gestão Pública (Seplag).

Governador Renan Filho. Foto: Márcio ferreira / Agência Alagoas

Governador Renan Filho. Foto: Márcio Ferreira / Agência Alagoas

Christian Teixeira (Seplag) e Fábio Guedes (Fapeal) assinam Termo de Cooperação entre as instituições.

Christian Teixeira (Seplag) e Fábio Guedes (Fapeal) assinam Termo de Cooperação entre as instituições. Foto: Márcio Ferreira / Agência Alagoas

 

Recomendados para você...

3 respostas

  1. 25 de agosto de 2015

    […] ensejo da divulgação do Programa de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento das Políticas Públicas (PDPP). A revista emerge como fruto das iniciativas para dinamizar a performance da Fundação de Amparo […]

  2. 5 de novembro de 2015

    […] doutor em Economia e professor da Ufal. Sobre a continuidade das pesquisas, ele esclarece que o PDPP possui uma programação em todos os órgãos onde está implantado. “Especificamente na Seplag temos uma agenda com […]

  3. 4 de agosto de 2016

    […] de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento das Políticas Públicas da Fapeal foi lançado pelo governador Renan Filho em agosto de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *