Fapeal participa de evento para discutir o desenvolvimento da região do São Francisco

Ciclo de palestras vai acontecer em Delmiro Gouveia, na próxima segunda-feira (21)
Maria Barreiros / Agência Alagoas

Energia, Desenvolvimento e Meio Ambiente serão temas do IV Ciclo de Palestras organizado pelo Projeto de preservação e disponibilização do Acervo do Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Procondel-Sudene), em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas (Fapeal). O evento vai acontecer na próxima segunda-feira (21), no Campus do Sertão da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), no município de Delmiro Gouveia.

O encontro propõe uma reflexão sobre o papel da academia e sociedade civil diante dos desafios do desenvolvimento da região sertão do São Francisco, que envolve quatro estados nordestinos (Alagoas, Bahia, Pernambuco e Sergipe), a partir de seus aspectos energéticos, ambientais e socioeconômicos.

De acordo com a coordenadora executiva do Procondel e professora mestre em Ciências da Informação, Ângela Nascimento, a cidade de Delmiro Gouveia é estratégica, porque é vizinha da Bahia e de Sergipe, se enquadra como um município de médio porte e tem uma sede da Universidade, o que pode ampliar a discussão para ao menos 150 pessoas.

“Estamos esperando mais de 150 pessoas, entre estudantes, pesquisadores e a sociedade em geral. Basta se inscrever no site. É gratuito e interdisciplinar. São três mesas que irão debater temas muito atuais, principalmente para a região do Rio São Francisco”, disse Ângela Nascimento.

Segundo ela, o encontro contará ainda com a delegação de 17 pessoas de Pernambuco e professores convidados. “É um espaço onde as pessoas poderão fazer perguntas, interagir. O importante é refletir. Esse é nosso papel”, resaltou.

Ângela Nascimento ressalta ainda os pontos positivos e negativos da obra de transposição do rio São Francisco que, ao mesmo tempo em que prometem amenizar os problemas da seca e trazer desenvolvimento, provocam discussões sobre os possíveis impactos no ecossistema da região.

O evento também tem o apoio do Sebrae Alagoas, Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) e Campus do Sertão-Ufal.

As inscrições podem ser realizadas pelo link: http://procondel.sudene.gov.br/NoticiaDetalhes.aspx?id=1073

SERVIÇO

Ciclo de Debates Sudene – Energia, Desenvolvimento e Meio Ambiente

21 de março de 2016 – 14h30 a 21h

Auditório do Campus do Sertão/UFAL – Delmiro Gouveia – AL

Inscrições: http://procondel.sudene.gov.br

Informações: procondelsudene@gmail.com

Facebook: /procondelsudene

Twitter: @procondelsudene

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

14h30 às 15h

Mesa de Abertura

15h às 16h30

Mesa 1 – Energia

José Carlos de Miranda Farias – diretor-presidente da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf)

Prof. Dr. Agnaldo José dos Santos – diretor geral do Campus do Sertão/UFAL

Prof. Dr. Dilson Batista Ferreira – professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo/UFAL

16h30 às 18h

Mesa 2 – Desenvolvimento

Prof. Dr. Marcos Costa Lima – coordenador científico do Procondel e professor do Departamento de Ciência Política/UFPE

Prof. Dr. Fabio Guedes Gomes – presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) e professor do Departamento de Economia/UFAL

Prof. Me. Edvaldo Nascimento – doutorando em Educação/UFPE e vereador de Delmiro Gouveia (AL)

19h às 21h

Mesa 3 – Meio Ambiente

Uilton Tuxá – coordenador da Câmara Consultiva do Submédio São Francisco/Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco (CBHSF)

Prof. Dr. Márcio Gomes Barboza – superintendente de Infraestrutura (Sinfra/UFAL) e professor do Centro de Tecnologia/UFAL

Prof. Dr. Giovanni de Farias Seabra – professor do Departamento de Geociências/UFPB

Convite-Ciclo-Delmiro (1)

Ascom Sudene

 

Recomendados para você...

1 resposta

  1. 17 de março de 2016

    […] Magalhães sedia consulta pública do Plano de Recursos Hídricos – 15/03/16 Portal Lem Fapeal promove evento para discutir o desenvolvimento da região do São Francisco – 15/03/16 Fapeal Transposição pode não ser suficiente para irrigação na PB, diz […]