Research Connect: Fapeal reitera parceria científica com o British Council

Pesquisadores contarão com um curso de comunicação científica pelo programa Researcher Connect

banner.vilma2Construir uma cultura produtiva da pesquisa científica e inovadora não tem sido privilégio exclusivo das agências fomentadoras no Brasil. Instituições internacionais de atividades acadêmicas em alto nível têm se mantido atentas em parceria com centros universitários e de pesquisa no país.

A serviço desta ação de cooperação entre elaborações inovadoras, a Researcher Connect, por intermédio do Newton Fund, uma iniciativa do Conselho Britânico, tem estimulado a difusão de habilidades em comunicação científica para os pesquisadores brasileiros.

O programa, ofertado por meio de edital, possibilitará cursos de pequena duração no ensejo de que estes sejam utilizados em eventos acadêmicos com interações internacionais. As chamadas no ano 2016 beneficiaram 14 estados, financiando 30 propostas específicas de atuação.

O seu edital em Alagoas será viabilizado por meio dos recursos do Newton Fund e co-financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), que prospectou R$12.500 para a realização do curso.

IMG_7124

Daniela Kabengele

Nesta edição a novidade foi a escolha dos coordenadores, associados igualmente à instituição universitária a que estão ligados, para a realização dos cursos. Em Alagoas, a pesquisadora Daniela do Carmo Kabengele, doutora em Antropologia e coordenadora de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão do Centro Universitário Tiradentes (Unit), teve o seu projeto aprovado, que consequentemente será realizado na própria Unit, sob sua coordenação.

“Uma das dificuldades enfrentadas pelas instituições de ensino superior do Estado de Alagoas diz respeito ao reconhecimento internacional. Para enfrentarmos esse desafio devemos colocar em marcha o processo de cooperação internacional, por meio de parcerias como essa que estabelecemos, e aumentar o acesso a conteúdos internacionais”, cita a antropóloga.

Ela explica que o programa interdisciplinar da Unit explora a especialidade humana, tecnológica e aplicada às ciências sociais, combinando perspectivas para abordar questões críticas em engenharia e saúde pública.

Os cursos têm previsão para ocorrer no início de 2017 e atenderão, dentro dos limites de público, aos pesquisadores de outras instituições interessados na temática.

A finalidade é atrair diversos pesquisadores para capacitação e consequente diminuição de disparidades nos quesitos de comunicação, interação e eloquência. “O principal objetivo de sediar um Researcher Connect é internacionalizar a pesquisa aplicada e desenvolvida no centro universitário”, alega Daniela Kabengele.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *