Fapeal promove lançamento de edital de apoio a publicações científicas

Com a presença do governador de Estado, Renan Filho, e comunidade científica, a instituição prevê o lançamento de 50 livros de pesquisa

 

Narrar a trajetória histórica dos 200 anos de Alagoas também é pauta científica, e embasa o cronograma de editais da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) para 2017. A Fapeal, em conjunto com a Imprensa Oficial Graciliano Ramos e a Editora de Livros da Universidade Federal de Alagoas (Edufal), lançaram, nesta segunda-feira (9), a chamada de Apoio à Editoração e Publicação de Livros.

A solenidade reuniu os diretores das instituições, colaboradores da Fapeal e comunidade científica de pesquisa e pós-graduação, no acompanhamento e diálogo do governador de Estado, Renan Filho.

O diretor-presidente da Fapeal, Fábio Guedes, citou a importância dos estímulos utilizados numa fase de diminuição de repasses federais: “Nós enfrentamos desafios de galgar espaços na Ciência e Tecnologia, porém aumentamos os investimentos e conduzimos estes editais com a possibilidade de trabalhar conjuntamente. O Governo do Estado não se aproximou apenas em recursos, mas escutou e esteve atento as necessidades da comunidade acadêmica”, frisa o diretor.

Os órgãos estreitam novamente o acordo que, integra a viabilização de aportes financeiros para a veiculação das obras. O diferencial deste ano volta-se, entretanto a publicar resultados científicos de pesquisa, incentivando a confecção de produtos originais e críticos.

“A Imprensa Oficial apoia a produção científica sempre que solicitado, pois através dos livros o conhecimento vira um trabalho efetivo para toda a população, reforçando os programas de pós-graduação e auxiliando estes professores”, alega Marcos Kummer diretor-presidente da Imprensa Oficial Graciliano Ramos.

img_1487

Fábio Guedes, diretor-presidente da Fapeal

O edital de 2017, já disponível no portal da Fapeal, compreende a segunda versão do programa, que pretende propagar até 50 livros com subsídios em R$150 mil, executados a partir de recursos próprios da Fundação.

O secretário de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação, Pablo Viana, esteve presente na cerimônia e ressaltou o compromisso firmado pelo Governo de Alagoas em eternizar este marco: “A publicação através de livros é uma forma de perpetuar essa memória, e as conquistas da produção científica em um produto que as futuras gerações possam acessar esta coleção, permitindo aos pesquisadores consolidar suas ideias”, explica o secretário.

A idealização do edital fomentará as primeiras ações planejadas no ensejo do bicentenário Alagoano, canalizando esforços conjuntos. A Fapeal projeta ainda, planos pontuais que enalteçam a C,T & I neste contexto festivo. Como próxima iniciativa a instituição lançará o seu tradicional calendário temático em alusão ao marco histórico, vivenciado durante todo o ano na Terra dos Marechais.

Recomendados para você...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *