Calendário da Fapeal é lançado em Maceió

Evento destacou caráter científico e pedagógico do produto

foto MATEUS GOMES

Foto: Mateus Gomes

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) e a Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) lançaram nesta segunda (7) a 13ª edição do calendário temático que, este ano, foi dedicado à fauna e flora nativas alagoanas. O primeiro lançamento ocorreu no campus universitário em Arapiraca e foi voltado para o público acadêmico. Na Fapeal, o evento foi prestigiado por gestores públicos.

Idealizado pelo pesquisador Douglas Apratto, este é o quarto ano seguido em que a confecção do produto conta com a parceria da Uneal.

Como todos os outros, o trabalho de pesquisa deste calendário  resultará na publicação de um livro, que deverá ser lançado em breve. A novidade para 2016 foi a colaboração com o Instituto para a Preservação da Mata Atlântica (IMPA), com as fotos do ambientalista Fernando Pinto e da consultoria científica de Deyvson Cavalcante e Natan de Almeida. O tema do próximo já está definido e fará menção ao bicentenário de Alagoas.

foto TÁRCILA CABRAL (1)

Reitor Jairo Campos. Foto: Tárcila Cabral

“As políticas da Fapeal vem se aproximando mais da Universidade Estadual de Alagoas e o calendário é uma delas”, observou o Reitor Jairo Campos.

Comentando sobre o histórico do calendário, o Professor Douglas Apratto disse que quando o projeto foi concebido e aceito, significou uma abertura da Fapeal para as Ciências Humanas, além de ter sido uma proposta de valorizar Alagoas. “O importante para a ciência é ter continuidade e não eventos episódicos”, declarou sobre o histórico bem sucedido da publicação.

Fábio Guedes, diretor-presidente da Fundação, ressaltou que a atuação do órgão não se restringe somente aos campos tradicionais da ciência e tecnologia: “A Fapeal pode apoiar e se aproximar de outros campos que não necessariamente sejam ciência pura, mas que possam contribuir com a cultura, com a história e com a formação de jovens, além da sua atuação nas políticas públicas”, resumiu o diretor.

 

foto TÁRCILA CABRAL (4)

Professor Douglas Apratto. Foto: Tárcila Cabral

 

You may also like...

1 resposta

  1. 23 de maio de 2016

    […] Em 2016, a Fundação reforçou a cultura deste compromisso, dedicando seu calendário temático à fauna e flora nativas de Alagoas. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *