Estado garante R$ 4,3 milhões para investimento em pesquisa

Recursos vão beneficiar 134 pesquisadores, aprovados em oito editais da Fapeal

01

Secti, Fapeal, Governo de Alagoas, Ufal, Uneal e Cesmac compõem frente de honra

O Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), garantiu o repasse de R$ 4,3 milhões para a comunidade científica, para investimento em pesquisa. A concessão de crédito foi oficializada nesta sexta-feira (14), pelo governador Renan Filho, em solenidade no Palácio República dos Palmares.

“Garantir investimentos para a ciência, tecnologia e inovação é um compromisso assumido pela Fapeal, porém, o modo de conduzi-los e aplicá-los têm sido gerido de forma estratégica e inovadora, principalmente em comparação aos parâmetros nacionais”, frisa Fábio Guedes, diretor-presidente da Fapeal.

Do total de R$ 4,3 milhões, R$ 2,8 milhões são recursos próprios do Governo do Estado. Ao todo, serão contemplados 134 pesquisadores.

A professora e coordenadora do curso de Relações Públicas da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Sandra Nunes Leite, foi uma das contempladas no Programa de Pesquisa Para o SUS (PPSUS).

A doutora em Comunicação Social desenvolverá um estudo sobre a gestão estratégica das Relações Públicas no acesso à atenção básica de saúde. “Esta oportunidade dará esperança aos pesquisadores que, neste momento, não contam com os recursos das agências federais, que normalmente financiavam as pesquisas”, afirmou Sandra Nunes.

“Com a iniciativa, a Fapeal mostra aos pesquisadores alagoanos que ciência, tecnologia e inovação são uma preocupação do Governo do Estado, que assumiu esta responsabilidade e está realizando um trabalho sério”, completa a professora.

Maceió, 14 de outubro de 2016 Governador Renan Filho, assina Outorga de recursos para 134 pesquisadores de todo o Estado, que foram selecionados em oito editais da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal). Alagoas - Brasil. Foto: Ailton Cruz

Foto: Ailton Cruz / Agência Alagoas

A Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), uma das instituições beneficiadas, foi contemplada em chamada pública com meio milhão de reais, destinados ao aprimoramento das pesquisas realizadas na Universidade, atenuando os desníveis e qualificando a graduação e pós-graduação por ela ofertadas. Também receberão investimentos do Estado a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e o Centro de Estudos Superiores de Maceió (Cesmac).

“Parcerias como esta representam a prioridade com que o Governo do Estado trata as universidades estaduais. Essa iniciativa é de extrema importância, porque define um lugar diferenciado para as mesmas”, argumenta o vice-reitor da Uneal, professor Clébio Araújo, no exercício do cargo de reitor.

A Fundação aproveitou a presença da comunidade científica na solenidade para distribuir os exemplares de seu periódico ‘Fapeal em Revista’ que, em sua 3ª edição, tem como tema principal as pesquisas sobre a própolis vermelha de Alagoas.

A revista traz ainda os novos programas de mestrados abertos em Alagoas, a especialização da pesquisadora Larissa Pinto na Índia, sobre estudos para o desenvolvimento regional, além do resultado da campanha de redes sociais feita pela Assessoria de Comunicação da Fapeal no Mês da Mulher.

Os editais para Excelência Acadêmica, organização de reunião científica e participação em eventos no Brasil e exterior continuam abertos até que o recurso se esgote e podem ser encontrados no site, pelo endereço www.fapeal.br.

04-aqualtune-comunidade-cientifica-de-alagoas

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *