Programa de pesquisa em políticas públicas da Fapeal apresenta primeiros resultados

Já estão disponíveis para consulta estudos sobre turismo, moradia e comunidades quilombolas

IMG_20151029_091016372 (800x450)

Os documentos estão na íntegra no site dados.al.gov.br e, as cópias impressas, na Biblioteca Luiz Sávio de Almeida.

O Programa de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento das Políticas Públicas em Áreas Estratégicas do Estado de Alagoas (PDPP) é um programa da Fapeal voltado à estruturação de grupos de inteligência dentro de órgãos da administração direta e indireta do governo estadual.

Atualmente, estão sendo beneficiadas 11 instituições, com 74 bolsistas, divididos em 12 projetos. Dentre estas, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, Seplag, estruturou um Núcleo de Estudos e Projetos, focado em “Estudos Setoriais e Formulação de Projetos para o Planejamento de Longo Prazo do Estado de Alagoas”.

As três bolsistas do grupo de pesquisa da Seplag são mestras em economia e, após quatro meses de atividades já apresentaram os primeiros produtos, resultantes em estudos que servirão de subsídio para ações da secretaria e do Governo de Alagoas.

Produção

Fazendo uso das estatísticas mais atualizadas e em linguagem acessível, os trabalhos abordaram as áreas de turismo, comunidades quilombolas e a construção da casa própria, respectivamente, a partir de dados que elucidam a realidade alagoana, numa perspectiva de análise, diagnóstico e reflexão, voltadas para basear o planejamento de estratégias e suas práticas subsequentes.

Os três documentos estão disponíveis na íntegra para consulta e download no site dados.al.gov.br, além das cópias impressas disponíveis na Biblioteca Luiz Sávio de Almeida, no Centro de Maceió.

As pesquisadoras

créditos Naísia Xavier Ascom Fapeal (9)

Gestores da Seplag e o Núcleo de Estudos Setoriais e Formulação de Projetos para Planejamento de Longo Prazo

Sarah Pessoa, mestra em economia pela Ufal, responsável pelo “Estudo sobre as Comunidades Quilombolas de Alagoas”, ressalta que, nos países mais desenvolvidos do mundo, encontra-se normalmente uma ligação das universidades com o setor público, “assim, a academia pode chegar mais diretamente à população”, aponta.

Para Izabelita Barboza, mestra em economia pela PUC do Rio Grande do Sul, responsável pelo “Estudo da autoconstrução em Alagoas”, o Núcleo é relevante porque seu foco de trabalho é o desenvolvimento econômico, a partir da economia popular. “Minha formação acadêmica foi nesta área e agora pode ser aplicada efetivamente em contribuir para o desenvolvimento de Alagoas”, comenta.

Larissa Pinto, também mestra em economia pela Ufal, responsável pelo “Estudo para o desenvolvimento de um turismo sustentável para o litoral alagoano”, acha que a criação de grupos de pesquisa como os do PDPP é fundamental para um estado com tantos desafios a enfrentar como Alagoas, “para que se pensem os problemas daqui e, principalmente, soluções. A ligação com o governo é importante para formar parcerias que possam colocar em prática o que foi proposto nos estudos”, enfatiza.

Perspectivas

O coordenador acadêmico do núcleo é o pesquisador Cícero Péricles de Carvalho, doutor em Economia e professor da Ufal. Sobre a continuidade das pesquisas, ele esclarece que o PDPP possui uma programação em todos os órgãos onde está implantado. “Especificamente na Seplag temos uma agenda com aproximadamente 20 temas. O secretário e o secretário adjunto decidirão as prioridades nesse processo”, declarou.

Lançamento

Os estudos foram lançados durante o Café com Planejamento e Gestão, evento da Seplag, nesta quinta (29), no Complexo Cultural do Teatro Deodoro, para um público de aproximadamente 60 servidores do Governo de Alagoas. Na mesma ocasião, houve palestra do Secretário de Estado da Fazenda, George Santoro.

12195888_10153107991305636_8389836114485464789_n (800x600)

Fábio Guedes, diretor-presidente da Fapeal e o Secretário George Santoro, na ocasião

 

 

Recomendados para você...

3 respostas

  1. 5 de novembro de 2015

    […] O diretor científico da Fapeal, João Vicente Lima, concedeu entrevista sobre os primeiros resultados publicados do Programa de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento das Políticas Públicas em Áreas Estratégicas do Estado de Alagoas (PDPP), na manhã desta quarta (4), ao vivo na Rádio Globo AM. Em foco, os três artigos produzidos pelo Núcleo de Estudos e Projetos da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), com bolsas da Fapeal. […]

  2. 10 de dezembro de 2015

    […] promoveu uma manhã instrutiva acerca de análise financeira e lições de valor de consumo, em mais uma parceria com a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) que, buscando essa […]

  3. 17 de janeiro de 2016

    […] resultados, por exemplo, nas Secretárias da Fazenda, Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Planejamento, Gestão e […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *