A tecnologia alagoana premiada que a Fapeal apoia

Agência de tecnologia e marketing digital desenvolve plataforma de intranet corporativa com o fomento da Fapeal

01-tiago-nogueira

Thiago Nogueira

Traduzir as escolhas e aspirações das organizações tem se tornado um ambiente progressivamente menos complexo, principalmente para os que estão inseridos tão seletivo quanto o digital. Os tradicionais clientes do  universo coorporativo estavam habituados a relações e transações financeiras físicas, onde todo o método de negociação era palpável e ocorria em localidades não virtuais. Com a quebra destes preceitos e a criação de um mundo gradualmente mais inovador, os mecanismos digitais tem mudado a forma de promover estas relações.

Visualizando este potencial, o Governo Estadual, por intermédio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), viabilizou duas edições de um edital específico para o fomento tecnológico. Em parceria com a agência federal Finep, o Tecnova Alagoas aplicou fomentos não reembolsáveis  à empresas que elaboram iniciativas no ramo da inovação. A última aprovou 13 propostas, entre elas a Plus Agência Digital, uma empresa que utiliza a tecnologia e inovação para auxiliar empresas em seus objetivos.

A Plus desenvolve soluções para comunicação, marketing e negócios. A agência possui atualmente três produtos que suprem estas demandas.

A instituição não é uma, completando onze anos de desempenho no cenário high tech em 2015. Porém, foi a partir do projeto submetido na chamada da Fapeal que foi possível o aporte de recursos para a realização de pesquisas disruptivas em Alagoas.

A proposta ligada ao Tecnova Alagoas implementa uma plataforma de intranet e rede social corporativa chamada Linno. Este software está disponibilizado no formato SaaS (Software as a Service), que oferece serviços online, antes somente possíveis através de programas específicos instalados nos computadores. Isto significa que, os estabelecimentos que contratarem a solução não terão custos nem para instalar e nem para configurar a intranet, pois ela já está finalizada e pronta para utilização. O software pode ser ajustado para qualquer empresa em segundos.

Incentivos para Inovação

Tiago Nogueira, diretor executivo da Plus, cita que o fomento ofertado pela Fapeal foi fundamental para a prospecção das pesquisas tecnológicas. Graças ao financiamento, a empresa conseguiu ampliar a operacionalização de seus softwares: “Com o apoio, nós demos um grande passo para deixarmos de ser uma micro empresa, bem como, sairmos do quadro de importador de tecnologia e nos tornarmos um exportador”, alega o diretor.

As licenças podem atingir todo território nacional com a mesma qualidade, e sem a necessidade da equipe estar presente fisicamente no local, porque a plataforma permite esta instalação rápida. Atualmente a Plus possui clientes em Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

O “algo mais”

O Tecnova Alagoas auxiliou a Plus no desenvolvimento de uma plataforma formatada em paralelo àquela já existente. A Linno Plus é um aparato pivotado, ou seja, uma evolução da última rede. Enquanto a Linno disponibilizava uma rede social e intranet corporativa, a Linno Plus passa a ser uma ferramenta que auxilia as empresas a implantarem o modelo de excelência em gestão incorporado a elas. Atualmente, a Linno Plus tem um corpo maior, permite que as empresas aumentem a produtividade delas reduzindo o retrabalho dos colaboradores. Esta elaboração foi pautada com base em pesquisas da Fundação Nacional da Qualidade e do McKinsey Global Institute, presumindo geração de assertividade e ganhos que poderiam chegar até 15% nas instituições que adotarem a plataforma.

A agência entra neste mercado com sinais promissores. Hoje, a Plus contabiliza mais de 50 clientes ativos e mais de mil licenças vendidas a uma das maiores empresas de planos de saúde em Maceió. Além disso, a disponibilização dos serviços em versão trial está funcionando como um teste de desempenho e usabilidade, pontuando como as pessoas trabalham com a rede. Estes dados são computados para especificar as finalidades e características da plataforma, além de auxiliar em melhorias a serem feitas.

A tendência é implementar mais pesquisas inovadoras, que busquem atender as demandas deste domínio corporativo, que está migrando quase que totalmente para o universo digital. Facilitar os trâmites realizados e tornar a vida dos empreendedores mais rentável são as promessas da Plus.

Porque nos trilhos do caminho inovador não poderia ser diferente: para compreender públicos tão distintos a empresa frequentemente traça novas metas, desenvolve produtos e se reinventa. A regra da equipe é produzir além do padrão provável, com foco na desmistificação da tecnologia para os seus mercados.

Resultados

No ano de 2015, a Plus tornou-se mais uma das quatro empresas apoiadas pelo Tecnova Alagoas a ganharem reconhecimento de seu potencial inovador em premiações, conquistando a etapa alagoana do prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas (MPE), na categoria de gestão de tecnologia da informação e inovação.

No histórico de premiadas do Tecnova Alagoas, também incluem-se a Apícola Fernão Velho, vencedora da etapa nacional do MPE, também em 2015, na categoria “Destaque Inovação”; o Hand Talk ganhou o prêmio de melhor aplicativo social do mundo, eleito pela ONU, em 2012 e, em junho deste ano, o oftalmologista João Marcelo Lyra, representando a Clínica de Microcirurgia Ocular, levou o prêmio mundial do XIV Congresso Internacional de Catarata e Cirurgia Refrativa, na categoria Filmes Científicos, disputando com mais de 50 trabalhos.

Recomendados para você...

2 respostas

  1. 22 de abril de 2017

    […] de comunicação, marketing e negócios, e emplaca a sua 2º participação em rankings nacionais. No ano de 2015 a Plus foi contemplada com o Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas (MPE), na […]

  2. 12 de maio de 2017

    […] inovação nacionais e internacionais para empresas como o Hand Talk, a Apícola Fernão Velho, a Plus Agência Digital e a Clínica de Microcirurgia Ocular e a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *